sábado, 1 de agosto de 2009

minha cara



Quando a vi, soube, por instinto, que gostava dela.
Ela não sabia, mas seria minha melhor amiga.
A amiga que eu escolhi para minha alma ou
Que minha alma escolheu para amiga.

Ela não sabia, mas seríamos cúmplices,
Como vento e folhas são.
Como sol para os pingos de chuva que se colorem.
Como borboletas e flores são.

Ela não sabia, mas seríamos irmãs,
Almas irmãs e opostas,
Salvas de seus futuros golpes.

Ela não sabia, mas tudo que fosse bom seria duplicado:
Descobrir um poema,
O primeiro beijo, o primeiro namorado.

Ela não sabia, mas tudo que fosse ruim seria dividido:
As crises, as dores,
O coração partido.

Sexta série. Doze anos.
Ela não sabia. Eu não sabia.
Flor de lótus, minha cara, extensão minha,
Meu mundo, sem dúvida, é melhor desde aquele dia.


[Fernanda]

3 comentários:

Música e caipirinha disse...

aaaaaah que linda homenagem =] ..Darlinha é super especial sim, e vc uma super amiga! ..Adoro vcs

Darla disse...

E o que eu digo?
Preciso??
Como Seu Pessoa disse: 'quero ser seu amigo na medida mais precisa que eu puder'
E sim, nós conseguimos!
bjos minha extensão, amiga da alma!
Obrigada

Lua disse...

noss muito legal o texto que vc fez.

estava ivisitandos ums blogs e vi o seu.

bjos
http://norecreiozero.blogspot.com/