domingo, 8 de março de 2009

das pequenas coisas boas


há uma enorme janela na casa nova.
uma janela que dá pra uma ponte que separa pequenos mundos urbanos.
à noite, sobre o chão de taco (que lembra a infância), se dá conta das coisas,
e lembra coisas, canta baixinho uma música que é um poema
ou chora baixinho, que também é poema e também é música.
há céu aberto e tudo é calmo.
sensação boa do sono que vem com as estrelas e foge com o sol.


[Fernanda]

3 comentários:

Darla disse...

que lindo...
aquelas janelas também me fazem bem, acho que me lembram voar!

Fran* disse...

Tão doce!
Janelas me lembram alma..q me lembram poesia...que me lembra tanta coisa boa...=)

Beijo.

Música e caipirinha disse...

Janelas, por onde os sons e sonhos fogem em busca do desconhecido =]