sábado, 30 de maio de 2009

la vie

lá estava ela. buscando sapatos vermelhos que combinassem com seu vestido preto rodado, de pregas, um pouco do que via dos joelhos, das pernas pequenas com saudades do sol. e, na frente do espelho, enquanto ria, num balançar de sino, feliz por vê-la por inteiro, alma inteira, fantasiou o cinema e o menino. ele chegou de garoto. ela esqueceu o bolero. ele trouxe o ombro dela por inteiro pra mais perto. era dele [dela]. três sorrisos no beijo, dois segredos confessáveis, pipoca e...comédia [?].

[Fernanda]

3 comentários:

Darla disse...

Gostei desse jeitinho de escrever.Gostei.

Gui Trento disse...

gostei do "pernas pequenas e com saudades do sol".

adoro seu jeito poético de narrar os acontecimentos.

Jones Mariel Kehl disse...

Amelie.